25/06/2013

Será que seu produto é bom?

Como gerenciar seu portfólio de produtos/serviços? Como saber em qual produto/serviço vale a pena investir ?

Muitas vezes os empresários se veem nesse dilema e podem ter que apelar para a intuição. Mas nem sempre é bom contarmos com esse “feeling” e utilizar ferramentas que ajudem a entender como anda esse portifólio de produtos/serviços é uma boa maneira de entender se é preciso aumentar a variedade de um produto, ou investir mais em um do que outro.

Para ajudar nessa questão, o Boston Consulting Group criou uma ferramenta, a Matriz BCG, aquela já bastante utilizada, que você  deve conhecer. Ela permite avaliar se vale a pena  investir em determinado produto ou não. Essa matriz avalia os produtos em duas dimensões: crescimento do mercado e participação relativa do produto no mercado), classificando o produto em quatro tipos:

Abacaxi – produto que tem baixa participação de mercado e está em um mercado com baixo crescimento. Em geral vale a pena desinvestir nele e aplicar o dinheiro em um produto estrela ou interrogação.

Estrela –  produto que tem alta participação relativa de mercado e está em um mercado com alto crescimento. É interessante manter investimentos nele, para aumentar  as chances de lucro gerado com ele.

Vaca leiteira – produto que tem alta participação relativa de mercado está em um mercado com baixo crescimento. Em geral é o produto que proporciona o investimento em outros produtos. Vale a pena manter os investimentos porque a receita gerada com esse produto vai proporcionar o investimento em outros.

Interrogação – produto que tem baixa participação relativa de mercado e está em um mercado com alto crescimento. Como o próprio nome já diz, é preciso avaliar se é interessante ou não investir nele, pois apesar de estar com uma baixa participação, o mercado em alto crescimento pode ser promissor.

No entanto, no caso de pequenas empresas, ela não ajuda muito porque considera variáveis que muitas vezes o pequeno empresário não tem como avaliar como o percentual de participação relativa do produto no mercado (participação do produto em relação ao concorrente) e o percentual de crescimento de mercado.

Uma maneira que a gente acredita que se aproxime da realidade das pequenas empresas é substituir essas duas dimensões (participação relativa de mercado e crescimento de mercado), avaliando o crescimento das vendas e a participação do produto no lucro da empresa.

Você pode montar a BCG por sua conta ou, se não estiver afim de ter trabalho, a gente tem uma  planilha de Matriz BCG , com a qual você pode avaliar seu produto e receber dicas de que ação tomar de acordo com a classificação do produto.

 

Fonte: Blog LUZ

 

APOIADORES

Sindusmobil
Sociesc
Acisbs
Saobento do Sul
UDESC
Univille
Unc
Senac
Sesi
Senai
Sebrae
IFC